10 dicas para melhorar o raciocínio

 Em Blog

Raciocinar é uma prática presente durante todo o nosso dia. Analisamos nosso ambiente e os acontecimentos para podermos entender atitudes e situações; formulamos ideias, elaboramos juízos e deduzimos algo a partir de premissas, que podem ser verdadeiras ou falsas. Aqui, encontraremos algumas maneiras de aprimorar o raciocínio.

Pratique exercícios físicos diariamente

Realizar exercícios ativa o cérebro, pois ele é o órgão responsável por mandar estímulo para os músculos, que agem na contração, relaxamento e controle da precisão dos movimentos. Essa ação de estímulos torna o cérebro ágil e operante na resolução de problemas lógicos. Assim, movimentos físicos são muito recomendados para manterem a capacidade cerebral em alta.

Alimente-se bem

A boa alimentação interfere na função cerebral e aumenta a concentração. É por meio de uma alimentação variada e adequada que fornecemos os nutrientes exigidos para a manutenção de um cérebro ativo e saudável.

Exercite sua leitura

A leitura tem um importante papel na saúde mental e emocional do indivíduo, pois o ato de ler regularmente estimula a imaginação, desenvolve a inteligência, o raciocínio e a concentração, contribuindo significativamente para uma boa saúde mental na velhice.

Durma bem

Ter um bom sono garante que o cérebro processe melhor as ideias e os novos conhecimentos. Durante o sono o cérebro consolida as memórias do dia. Por essa razão, noites mal dormidas interferem no armazenamento das novas informações, refletindo diretamente no desempenho da memória e na cognição. Portanto, noites em claro provocam maior dificuldade em resolver problemas lógicos e matemáticos.

Desenvolva a escrita

O ato de escrever estimula o cérebro. Filtrar a informação necessária para o processamento da escrita exige maior atenção no foco das atividades. Na escrita são postas evidências da informação gerada, aflorando o ponto de atenção. Este é um excelente exercício para estimular a criatividade e se relacionar com a capacidade de reflexão.

Estimule suas habilidades desenhando

A prática de desenhar garante um ótimo desempenho no desenvolvimento intelectual.

Em crianças, essa atividade é fundamental para o crescimento cognitivo. Por ser a primeira forma de comunicação antes da escrita, ajuda na alfabetização. Para as pessoas em geral, desenhar é fundamental, pois possibilita expressar sentimentos e desejos, trabalhando diretamente com a imaginação.

Ao final do dia, relembre de suas atividades

Tente se lembrar de fatos ocorridos durante o dia. Essa simples prática é um excelente exercício para a memória, pois aguça o pensamento e força a uma reflexão detalhada.

Planeje-se para o dia seguinte

Planejar o futuro é estimular, de maneira criativa, o cérebro. Já pensou nas vezes em que você começou a pensar numa festa de aniversário que tem para ir e termina o pensamento em como você gosta daquela roupa maravilhosa que está no guarda-roupa? Pois bem, para chegar nesse pensamento final foi preciso percorrer o caminho da criatividade, do pensamento rápido e expressivo que o ato de planejar demanda.

Faça artesanatos

Além de ter um valor terapêutico imensurável, o artesanato melhora a qualidade de raciocínio, mantendo o cérebro mais ativo. O artesanato é uma prática que estimula a criatividade, faz com que as pessoas exponham suas ideias e aptidões, o que ajuda no exercício da mente.

Aprenda um novo idioma

Estudar um segundo idioma aumenta a concentração, melhora a saúde mental, pois mantém a mente constantemente ativa, e desenvolve a habilidade de realizar múltiplas tarefas. O aprendizado de um novo idioma aperfeiçoa o raciocínio e ajuda em cálculos mentais.

Agora que você conhece essas maneiras de melhorar o raciocínio, que tal praticar essas técnicas de aperfeiçoamento. Comece hoje mesmo! Aproveite e conte para seus amigos o que acabou de descobrir. Compartilhe este artigo e deixe seu comentário.

Postagens recentes